Sexta-feira, 10 de Julho de 2009

Passeio pelo Douro

   Num destes fins-de-semana, fiz um programa que conheço bem. Participei nos já famosos “Cruzeiros do Douro”, num dos muitos barcos que fazem esse programa. É simplesmente espectacular poder usufruir dum tranquilo passeio de barco durante algumas horas, contemplando as deslumbrantes margens do Douro. A juntar a tudo isto, também fica na memória de todos, o excelente almoço serviço a bordo. Uma das curiosidades desta descida do Douro, é a passagem pelas barragens de Carrapatelo e Crestuma/Lever, com desníveis de 35 e 14 metros, respectivamente.

   É sempre interessante mergulhar na história. Nesta viagem, era possível reviver o que era andar no comboio histórico, que é movido a carvão. Faz o percurso Régua/Pinhão/Tua/Pinhão/Régua. É um percurso extraordinariamente belo, acompanhado por cantares da região, adocicado com bolos típicos e vinho do porto. Já tinha feito este passeio e recomendava. Desta vez, o efeito foi completamente diferente. As pessoas foram ficando sujas de tanto carvão misturado no fumo, o que tornou a viagem mais desagradável que o esperado. Depois foram várias as avarias que obrigaram a longas e desagradáveis paragens, sem que houvesse qualquer explicação aos passageiros. A culminar esta má experiência, a passagem por um dos túneis encheu as carruagens cheias de fumo, deixando alguns passageiros maldispostos e outros até a roçar o pânico. Para algumas pessoas aquilo foi mesmo aflitivo.

   Depois de tudo isto, não penso voltar a fazer a experiência no comboio histórico e, acho até que seria conveniente que, mantendo toda a traça original, se pudesse pensar em substituir o carvão pelo sistema eléctrico. Hoje em dia tudo é possível, inclusive a emissão de fumos que não sejam nocivos à saúde.

 

In Jornal “O DESPERTAR” – 10-07-2009

 

tags: ,
publicado por José Soares às 18:31
link do post | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Passeio pelo Douro

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Junho 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds