Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Procurou sexo e levou um tiro

Procurousexoelevouumtiro.jpg



É comum dizer-se que muitos marinheiros têm uma “namorada” em cada porto. Não sei se a fama corresponde ao proveito, mas o certo é que os jovens marinheiros vão procurando aventuras sexuais nos portos por onde passam.


A história que aqui trago passou-se agora no porto de Leixões, em Matosinhos. Dois marinheiros do Leste, pertencentes a um barco norueguês, resolveram aproveitar uma folga comprando serviços sexuais em terras lusas. Procuraram uma casa especializada (a oferta é grande) na zona da Senhora da Hora, em Matosinhos. Em má hora escolherem este local. Lá dentro, duas especialistas na arte do amor por uma noite receberam-nos de pernas abertas. Uma loira de 20 e uma mulata de 22 anos, foram as profissionais de serviço. No meio de tanta emoção erótica, um deles só se apercebeu que a pulseira de ouro que trazia, tinha zarpado. Ao querer reaver tão valioso objecto, é surpreendido por um indivíduo a entrar de repente no seu quarto de amor e, sem mais conversa (possivelmente não saberia falar russo) dá-lhe um tiro na perna direita.


Não fosse a necessidade deste cidadão precisar de tratamento médico e o caso não seria noticiado pelo Jornal de Notícias (02/10/2006). Mas um tiro não deixa grandes alternativas, que não sejam o recorrer de imediato a um hospital. A coxear e acompanhado pelo outro amigo da aventura erótica, esperou por um táxi que o levasse ao Hospital S. João. Aí, através dum médico russo que também serviu de tradutor, é que a Policia Judiciária tomou conhecimento deste caso, que se calhar não será tão insólito como isso.


É um facto que as televisões não costumam trazer a público estes casos. Mas, quem está minimamente atento à nossa Imprensa, facilmente encontra histórias destas. É impressionante a facilidade com que se puxa por uma arma para alvejar alguém. Cada vez acho mais que é uma questão civilizacional, onde a Educação tem de ter um papel fundamental na educação e formação do indivíduo. É de pequenino que tem de se aprender alguns dos principais valores dos homens de amanhã. Só através da Educação se poderá aspirar a ter uma sociedade mais justa e humana.


A situação é de tal maneira preocupante, que o indivíduo que alvejou o homem do Leste, se vier a ser preso por este acto violento, rejeita a acusação dizendo que apenas lhe deu um tiro e nada mais. Como a Educação falhou com ele na sua formação inicial, esta violência gratuita se calhar sempre fez parte da sua vivência social, encarando-a como normal.


in "AURINEGRA"  -  ??-??-2006 - www.aurinegra.com 


in "O DESPERTAR"  -  ??-??-2006 - www.odespertar.com.pt 


 

publicado por José Soares às 18:36
link do post | favorito
2 comentários:
De Jose Antuns a 12 de Dezembro de 2007 às 21:37

Visitamos o Site : http://oldblogs.sapo.pt

Olá,

Muito Legal

Visite estes sites gratuitos de sexo:

Sexo ao Vivo Grátis
http://www.gratissexoaovivo.info

Super Gata Descolada:
http://www.putasexy.info

Fotos Videos e Wecam grátis
http://www.videogatas.com

Abraços,

José


De kalynka a 2 de Dezembro de 2006 às 12:33
é de pequenino que tem de se aprender alguns dos principais valores dos homens de amanhã...ora bem, eu falo por conhecimento, infelizmente, de alguém a quem lhe foram ensinados tanto a ele como a ela, uma irmã, todos os valores na infância. Ela seguiu uma vida normal, ele anda metido em trabalhos desnecessários...
A Mãe, ainda viva, pergunta: que mal eu fiz para este meu filho ser o que é hoje? aqui está, quantos e quantas crescem e deixam de ser aquilo que os Pais, a todo o custo alguns, lhes ensinaram?
É a triste realidade do MUNDO, mas com o Mundo vamos podendo nós bem, o pior é que é o MAL deste País também.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Feira Medieval em Buarcos

. A sorte e a crise não são...

. Parabéns: já só faltam ci...

. A minha aposentação não c...

. A minha aposentação não c...

. Um casarão sem alma

. Ano Novo Vida Velha

. Ano novo, políticos e víc...

. Hora de receber

. Hora de receber

. Função pública e função p...

. Função pública e função p...

. Futebol - um mundo à part...

. Reformas - pensão pública...

. Um casarão sem alma

. A Saúde e a Madeira

. Crimes sem perdão

. Fuga de cérebros

. Rotunda do Ingote

. Pregões de praia

. Tributar as heranças

. Ai Álvaro, Álvaro

. Misericórdia de Semide in...

. Cuidado com o bronze arti...

. I Feira Medieval em Buarc...

. Vamos andando

. José Soares em mini-entre...

. Visita a Cáceres

. Não há vergonha para o de...

. Boa vida para o setor aut...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Junho 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds