Domingo, 28 de Agosto de 2005

Vale de Canas ardeu mesmo

MatadeValedeCanas.jpg

Também por questões de alguma proximidade, fui educado a gostar e a preservar a Mata de Vale de Canas. De tão verde que era, os meus Pais disseram-me durante anos que era um sítio onde o fogo não entrava. Infelizmente estavam enganados, e foi comigo que foram ver in loco” que a Mata de Vale de Canas ardeu mesmo.

in "DIÁRIO DE COIMBRA" - 28-08-2005 -

www.diariocoimbra.pt

 

 

tags: ,
publicado por José Soares às 21:21
link do post | favorito
5 comentários:
De Lages a 19 de Setembro de 2005 às 10:03
No fogo de 1995 consegui-se que a mata não ardesse, em 10 anos pouco ou nada se fez para evitar o que aconteceu.JL


De Kalokas a 3 de Setembro de 2005 às 10:32
Confesso que já não entrava na mata de Vale de Canas há uns anos, nem sei o estado de conservação que a mata tinha, mas ainda que estivesse quase ao abandono, como suponho que estava, não merecia tamanha fatalidade. Os meus olhos sofreram ao ver despidos de verde os recantos que protegeram caprichosamente alguns dos romances que partilhei com os ramos daquelas árvores.


De l a 31 de Agosto de 2005 às 09:47
Nunca pensei que fosse possível a destruiçao desta mancha florestal, mas infelismente com a incúria e a irresponsabilidade de quem nos ultimos anos nos governa foi mesmo possível.JL


De Anónimo a 30 de Agosto de 2005 às 15:04
Também eu fui educado a gostar da Mata de Vale de Canas e fiquei impressionado com o estado em que aquilo ficou. Manuel António


De Vitor Manuel a 30 de Agosto de 2005 às 02:20
A incúria a falta de coragem politica e os interesses económicos, estão a transformar o nosso país num deserto.


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Feira Medieval em Buarcos

. A sorte e a crise não são...

. Parabéns: já só faltam ci...

. A minha aposentação não c...

. A minha aposentação não c...

. Um casarão sem alma

. Ano Novo Vida Velha

. Ano novo, políticos e víc...

. Hora de receber

. Hora de receber

. Função pública e função p...

. Função pública e função p...

. Futebol - um mundo à part...

. Reformas - pensão pública...

. Um casarão sem alma

. A Saúde e a Madeira

. Crimes sem perdão

. Fuga de cérebros

. Rotunda do Ingote

. Pregões de praia

. Tributar as heranças

. Ai Álvaro, Álvaro

. Misericórdia de Semide in...

. Cuidado com o bronze arti...

. I Feira Medieval em Buarc...

. Vamos andando

. José Soares em mini-entre...

. Visita a Cáceres

. Não há vergonha para o de...

. Boa vida para o setor aut...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Junho 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds