Segunda-feira, 28 de Novembro de 2005

A amizade

Aamizade.jpg


Um dos sentimentos mais nobres do ser humano é a amizade. Por isso, a maioria das pessoas tem a preocupação de se rodear de muitos amigos. Nalguns casos, parece até que a importância duma pessoa se mede pela quantidade de amigos.


A amizade é de facto uma coisa boa. Que melhor sensação podemos ter, do que o apoio dos amigos quando mais precisamos? Na maioria das vezes, eles substituem a família. É que esta falha muitas vezes, infelizmente, quase sempre nas situações em que mais precisamos dela. É nessas alturas que se vê a importância dos amigos. É que a família é também uma questão de sorte. Podemos escolher os amigos, mas não podemos escolher a família. Costumo dizer, porque acredito, que não escolhemos a família nem os vizinhos. Ambos nos são impostos.


O grande problema dos amigos é que também em relação a eles, existe o factor sorte. Chegamos a ter amizades duma vida, que se esfumam num fechar de olhos. É que muitos deles funcionam como algumas companhias de seguros – falham quando mais são precisas. É aqui que este sentimento de perda dói. É muito difícil perder um amigo, quando o mesmo não morreu. Perdemos por afinal termos chegado à conclusão, que o amigo afinal nunca passou de um conhecido. Ao longo da minha vida, também eu tenho sido contemplado com este tipo de relações. No entanto, tenho a ideia que nunca perdi verdadeiramente um amigo. O que já me aconteceu, muitas vezes, é que tive pessoas que pensava ser minhas amigas, mas afinal nunca o foram. Na verdade, nunca tinham tido oportunidade de mostrar a sua verdadeira amizade, ou falta dela para ser mais correcto.


Como em tudo na vida, também na amizade a quantidade não é sinónimo de qualidade. Tal como na natureza, também na amizade impera a selecção natural. Os melhores sobrevivem e morrem os fracos. Sinceramente, em relação aos amigos e apesar de algumas baixas, mantenho um restrito número de amigos, mas com quem posso contar. Muitos deles já passaram por várias provas e ainda hoje se mantêm. Curiosamente, alguns deles até são bem recentes. Na amizade, a antiguidade não é um posto. Da mesma forma, a distância também não é importante na amizade. Alguns dos meus principais amigos, estão até bem longe incluindo o estrangeiro.


Termino com uma frase de que gosto particularmente: “Amigo não é aquele que diz vai, mas aquele que diz vou contigo”.


in "AURINEGRA"  -  22-11-2005 - www.aurinegra.com 


in "O DESPERTAR"  -  09-12-2005


 


 

publicado por José Soares às 21:41
link do post | favorito
7 comentários:
De Antonino Neves a 19 de Dezembro de 2005 às 17:14
OK. Parabéns pelo artigo, impossível melhor.
Também parabéns pelo artigo do Despertar. Tudo é certo.
Um abraço amigo.
Antonino Neves


De kalinka a 4 de Dezembro de 2005 às 18:12
ESTE TEMA É MUITO PERTINENTE NOS DIAS DE HOJE.
Suscrevo todas as suas palavras e algo que nunca tinha pensado, li hoje aqui...«não escolhemos a família nem os vizinhos. Ambos nos são impostos»
Ainda não tinha pensado nisso, em relação aos vizinhos, mas que realmente está certo, está, pois não tenho tido muita sorte com vizinhos...
Sobre os conhecidos e amigos, quase que foi preciso chegar a meio século de vida para poder ver, com olhos de ver, quantos amigos sobram e quantos conhecidos eram...!
Ainda bem, muito tenho aprendido este ano de 2005, tenho pensado, será coincidência? Mas de facto, foi neste ano, que fiz a selecção que já devia ter feito há mais tempo, mas «andava a dormir»...quem sabe?
Lógico que essa perda dói...se dói.
Mas, estou a aprender a viver sem eles, é bom necessitarmos de voltar a aprender...a vida não passa de uma aprendizagem contínua.
Por acaso, sinto que sou daquelas pessoas que diz: Vou contigo.
Posso estar enganada, talvez a sua forma de ver não seja esta, mas, são pontos de vista.
Bom domingo. Um beijo.


De Maria Jos a 30 de Novembro de 2005 às 17:19
Excelente artigo, como sempre. Um beijo. Maria José


De J.Soares a 29 de Novembro de 2005 às 13:26
Olá Corvo Negro. Obrigado pela força. Um abraço.


De J.Soares a 29 de Novembro de 2005 às 13:25
Obrigado Amigo Rodrigues Costa. Tenho a certeza que é dos poucos que me diz "vou contigo!", mesmo que seja eu a escolher o caminho. Um abraço.


De Corvo Negro a 29 de Novembro de 2005 às 00:46
Estou contigo. Um Abraço.


De rodrigues costa a 28 de Novembro de 2005 às 23:19
Caro Zé
Li o seu artigo com a atenção que o mesmo merece.
Espero poder continuar a ir consigo. Até porque na vida - também - já aprendi que conhecidos temos muito. Amigos temos alguns. Amigos que digam "vou contigo", temos muito poucos.
È a vida como diria o outro.
Vá em frente. A amizade é importante e necesária.
Mas, a vida, ensina-nos que o caminho só é nosso quando somos nós a percorrê-lo.
Um abraço, do Amigo
Rodrigues Costa


Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Feira Medieval em Buarcos

. A sorte e a crise não são...

. Parabéns: já só faltam ci...

. A minha aposentação não c...

. A minha aposentação não c...

. Um casarão sem alma

. Ano Novo Vida Velha

. Ano novo, políticos e víc...

. Hora de receber

. Hora de receber

. Função pública e função p...

. Função pública e função p...

. Futebol - um mundo à part...

. Reformas - pensão pública...

. Um casarão sem alma

. A Saúde e a Madeira

. Crimes sem perdão

. Fuga de cérebros

. Rotunda do Ingote

. Pregões de praia

. Tributar as heranças

. Ai Álvaro, Álvaro

. Misericórdia de Semide in...

. Cuidado com o bronze arti...

. I Feira Medieval em Buarc...

. Vamos andando

. José Soares em mini-entre...

. Visita a Cáceres

. Não há vergonha para o de...

. Boa vida para o setor aut...

.arquivos

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Junho 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Março 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds